Jaildo Marinho (2015)

Jaildo Marinho nasce em Santa Maria da Boa Vista, PE, em 1970. Começa a estudar escultura e tratamento de pedras em 1982 e, entre 1991 e 1993, cursa Escultura na Universidade Federal de Pernambuco. Neste último ano transfere-se para Paris, onde fixa residência e começa a atuar como escultor e pintor. Conquista a medalha de ouro no Festival de Mahares, na Tunísia, em 1995, e o prêmio de escultura da Bienal de Malta, em 1999, ano em que se inicia como professor do ateliê de escultura e fundição que coordena para a prefeitura da cidade de Paris. Integra o movimento Madi Internacional, fundado em Buenos Aires, em 1946, pelo uruguaio Carmelo Arden Quin. Realiza exposições individuais no Museu de Arte Contemporânea de Pernambuco, em 2002; no Centro Cultural Franco-Brasileiro, Paris, em 2003; na Casa do Brasil, Madri, em 2004; no espaço Cultural Marcantônio Villaça,  Brasilia, em 2007; na Galeria Manuel Bandeira da Academia Brasileira de Letras, Rio de Janeiro, em 2008; na Academia de Ciências de Hungarian em Gÿor, Hungria em 2010; na Maison de l'Amerique Latine, Paris. Participa de numerosas exposições coletivas no Brasil e em cidades da Europa, Ásia, Estados Unidos e América Latina. Em 2009 recebe o título de cidadão francês.