Pedro VASQUEZ (1954)

Pedro Vasquez nasce no Rio de Janeiro em 1954. Fotógrafo, historiador, curador e professor. Realiza sua primeira mostra individual em 1973. Vive em Paris entre 1974 e 1979  na cidade, forma-se em cinema pela Sorbonne e publica seu primeiro trabalho como fotógrafo-autor: "A la Recherche de l'Eu-dourado". Estuda fotografia de forma independente, porém,  sistemática, amadurecendo assim os conceitos e ideias. Nos anos 1980, destaca-se como administrador cultural e incentivador da fotografia no cenário artístico brasileiro: um dos responsáveis pela criação do Instituto Nacional de Fotografia da Funarte, em 1982, órgão que dirige até 1986, e depois atua como curador do Departamento de Fotografia, Vídeo e Novas Tecnologias do Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro, até 1989. Entre os anos 1980 e 1990, trabalha como editor de fotografia das revistas Photo Camera e Best View, e do jornal O Dia. Conclui mestrado em ciência da arte na Universidade Federal Fluminense, em Niterói, em 1999, leciona fotografia na Pontifícia Universidade Católica, na Universidade Federal do Rio de Janeiro e no curso de pós-graduação da Universidade da Cidade. Recebe Prêmio Nacional de Fotografia da Funarte, em 1996, e Bolsa Vitae de Fotografia, em 1998. Pedro Vasquez destaca-se pelas pesquisas no campo da fotografia realizada no Brasil no século XIX. Elabora estudos pioneiros nessa área, e escreve livros de referência sobre assuntos como o interesse do imperador dom Pedro II pela fotografia e seu incentivo ao desenvolvimento da técnica no país, o trabalho de artistas internacionais que aqui atuam nesse período e a produção paisagística da época. Alguns de seus títulos: Fotografia: Reflexos e Reflexões, Álbum da Estrada União e Indústria, Pedro II e a Fotografia no Brasil, Mestres da Fotografia no Brasil, Revert Henrique Klumb: Um Alemão na Corte Imperial Brasileira e Fotógrafos Alemães no Brasil do Século XIX.